Donos de bares e restaurantes de Ipu desobedecem aos decretos governamentais

7 visualizações

Incursão, neste último final de semana das Polícias Civil e Militar, resultou em notificações de donos de bares, por desobediência aos decretos governamentais, em Ipu-Ce. 

Os donos dos estabelecimentos foram ouvidos na manhã desta segunda-feira (21/12) na Delegacia de Polícia Civil pelo delegado Dr. Rômulo Melo.

Acompanhe algumas determinações estabelecidas no último decreto que estavam sendo descumpridas em Ipu: 

  • Lojas de autosserviços em postos para o horário de 22h. 
  • Proibição de festas de qualquer tipo, em quaisquer restaurantes e outros estabelecimentos fechados e abertos, devendo ainda ser observada a restrição de eventos e áreas de uso comum. 
  • Disponibilização de música ambiente, inclusive com músicos, vedado espaço par dança e qualquer outra atividade que caracterize festas em restaurantes e afins. 

O Delegado de Ipu determinou que, a partir da data de hoje, os estabelecimentos do polo gastronômico não poderão mais ocupar a via pública com mesas e cadeiras, devendo deixar a via livre. Ademais, foi determinada a estrita obediência ao decreto estadual 33.845/2020, onde estabelece o limite máximo de 22 horas para o funcionamento de bares,  restaurantes e lojas de conveniências. Fonte: IN.

Você também pode gostar

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Leia mais